Carry on my wayward son, there'll be peace when you are done...

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Carry on my wayward son, there'll be peace when you are done...

Mensagem por Yuzuhiira de Grou em Ter Mar 21 2017, 17:09



    Yuzuhiira de Grou    


A

pesar das palavras inicialmente doces vindas da amazona, ela tentava mostrar que era um tanto errado um honrado cavaleiro se encontrar naquele estado como Aioria se encontrava. Yuzuhiira ouvia com calma as palavras de Aioria e ainda notava que o mesmo parecia não estar confortável diante da mesma, cogitou a possibilidade de retirar aquela mascara, mas ainda sim estava sobre as leis do santuário ao qual servia com tanto ardor. -Devia controlar um pouco mais esse tipo de impulso por álcool. - falava de forma baixa para o cavaleiro, mas a fala seguinte do mesmo acabara por deixar a menina um pouco assustada. -Não é mais um cavaleiro? Renunciaste ao dever milenar de proteger a paz ?-  Yuzuhiira ficou assustada ao perceber tais palavras que ela mesma pronunciara, sua postura outrora relaxada, agora estava um pouco mais rígida e desafiadora -Se não é um cavaleiro, sequer tem o direito de carregar esta urna consigo- sua voz outrora doce estava completamente fria e logo respondera sua pergunta -Eu não devo dizer a um "civil" o que estou fazendo fora dos muros do santuário, isso somente desrespeita ao mestre e a Athena.-


Extra.

?
avatar
Yuzuhiira de Grou

Mensagens : 8
Data de inscrição : 20/03/2017

Ficha do personagem
Nome: Pandy
Nick Principal: Yuzuhiira de Grou

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carry on my wayward son, there'll be peace when you are done...

Mensagem por Aiolia de Leão em Ter Mar 21 2017, 18:08




Aiolia de Leão


A jovem amazona revelava se tratar de uma guerreira muito honrosa e experimente, apesar da idade. Nenhuma das mentiras de Aiola a convenceu, com isso logo tratou-o como se deve tratar: Com frieza e desprezo. Afinal, parado ali a sua frente, não havia nada além de um perdedor.



O leonino fechou os olhos por um instante e sentiu a brisa fria da noite tocar seu rosto e com ela, lembranças do passado bombardeavam sua mente. Em seguida, rapidamente levou uma das mãos ao tecido que cobria sua urna o lançando para que o vento o levasse e revelando assim a urna dourada em suas costas.



- Tem razão Yuzuhiira, eu não possuo o direito de carregar a sagrada armadura de ouro de Leão neste meu novo caminho de desonra, por vezes eu a  abandonei mas ela sempre voltava para mim!  A armadura ainda me reconhece como Aiolia de Leão, mesmo estando em um estado tão... desprezível! - sua voz se elevava aos poucos revelando dor em suas palavras. Cerrou seus punhos como quem odiasse o fato de  se encontrar daquele jeito.



- Sabe o porquê disso,  jovem amazona? Porque a armadura ainda se mantém leal á mim, do mesmo jeito que eu lutei inúmeras guerras ao lado de Athena, dando a minha vida para protegê-la e advinha só? Athena morreu!! Deu sua vida para salvar a minha e a dos nossos companheiros! De que adianta uma vida de servidão e lealdade? Era eu quem devia ter morrido nessa guerra!! Fui eu quem foi escolhido para proteger Athena com a minha própria vida! Pouco me importa se o santuário está celebrando a vitória na guerra santa... Não tem como eu me considerar um vencedor, não sabendo que falhei em proteger Athena!!!




 
avatar
Aiolia de Leão

Mensagens : 14
Data de inscrição : 17/03/2017

Ficha do personagem
Nome: Hyuga
Nick Principal: Aiolia de Leão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carry on my wayward son, there'll be peace when you are done...

Mensagem por Milo de Escorpião em Ter Mar 21 2017, 18:51




Milo de Escorpião


Liberdade só é liberdade quando temos a possibilidade de errar...Porém as vezes esses erros podem custar muito caro. Andando por muito tempo pelo deserto o cauteloso cavaleiro de escorpião se manteve sagaz e ardiloso como um verdadeiro escorpião. Mantendo sua identidade preservada, por panos que cobriam seu rosto e o protegiam do sol, ele caminhava alerta para qualquer momento envenenar seus inimigos.

Por muito tempo o cavaleiro se manteve em uma jornada guiado por um cosmo feroz que lhe era familiar. Sempre o seguia, mas ele o despistava. Parecia uma "presa" fugindo de seu predador. Mas depois de algum tempo ele finalmente conseguiu chegar no local.




Pare de chorar! - Gritou Milo enquanto chegava no local onde estava seu amigo Aiolia e uma jovem amazona - Parece que o Leão do Santuário se tornou um ratinho! - Dizia ele com seu semblante bem sério. Ele se mostrava bastante indignado com o que acabará de ouvir saindo da boca de um de seus amigos e companheiro de batalha. Retirou o pano que cobria seu rosto.





Cadê aquele guerreiro que protegia Athena com unhas e dentes? - Fechou seus olhos - Não o reconheço mais velho amigo - Dizia com um tom triste, mas um sorriso apareceu em seu rosto - Já sei! - Fez uma pausa - Talvez esteja necessitando de uma surra para recuperar o juízo - Colocou as mãos sobre sua capa e a tirou, revelando sua armadura. Milo talvez seja um dos únicos cavaleiros sobreviventes que não havia perdido sua esperança. Sempre viu Aiolia como um exemplo e não poderia deixa-lo falar aquelas asneiras.





AGULHA ESCARLATE!!!!! - Um feixe de luz vermelho disparou de sua grande unha. Com esse golpe ele visava acertar talvez o único fio de esperança de Aiolia e fazer com que seu instinto de batalha volte a tona - "Espero que seu cosmo ruja em seu coração novamente caro amigo" - Fazia um prece no meio de seu golpe.

Desde de o começo Milo ignorou a presença dos demais no local. Sua fúria com as palavras de Aiolia o deixou cego.



 
avatar
Milo de Escorpião

Mensagens : 8
Data de inscrição : 19/03/2017
Idade : 20

Ficha do personagem
Nome: Argeu
Nick Principal: Milo de Escorpião

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carry on my wayward son, there'll be peace when you are done...

Mensagem por ~Cartola em Ter Mar 21 2017, 18:56


O badalar dos ponteiros do relógio de bolso soavam de forma uníssona e estridente. Nem mesmo a forte tempestade que tinha como prenúncio as nuvens que sobrepuseram a cidadela, ousaram contrariar.

Quanto mais precisas para viver, mais tens de trabalhar e menos tempo tens para ti. O maior dos luxos é o tempo. O tempo é o maior patrimônio de um ser humano, ainda mais movido a obstáculos, desafios, guerras mil. Para um ex combatente, no entanto, o tempo torna-se algo superficial e que nem ao menos se torna checklist em seu modo de viver.

- O tempo que tudo transforma, transforma também o nosso temperamento. Cada idade tem os seus prazeres, o seu espírito e os seus hábitos. - Fez menção em se aproximar, mas preferiu continuar desleixado, deitado sobre a sacada de um casebre próximo a ruazita donde os jovens tagarelavam.

Aparentava ter seus 30 anos. Barba por fazer, terno simples contemplado por uma cartola ilustre. Era um bobo da corte, no mais profundo significado da palavra. A fumaça do cigarro formava figuras aleatórias enquanto se esvaziava no céu. Continuou fitando o horizonte, mesmo profetizando palavras aos viajantes.

- Lamento a interrupção. Eu estava aqui o tempo todo e... Bem, confesso ser um pouco curioso. - Baforou a última tragada do cigarro e o arremessou, num peteleco, em direção a zona donde o recém chegado Escorpião fazia sua cena.

O que restou daquela droga foi de encontro ao chão, levando consigo uma pequena onda cósmica que fora suficiente para bloquear a Agulha Escarlate. A pequena fumaça que resultou da combustão logo fora dissipada pela presença de pequenos pingos de chuva que marchavam lentamente.

avatar
~Cartola
Administradores
Administradores

Mensagens : 36
Data de inscrição : 08/10/2014

Ficha do personagem
Nome: Arcmoon
Nick Principal: Youma de Mephistofeles

Ver perfil do usuário http://xstorytellers.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carry on my wayward son, there'll be peace when you are done...

Mensagem por Aiolia de Leão em Qua Mar 22 2017, 12:28




Aiolia de Leão


Antes mesmo que pudesse concluir seu desabafo, um cosmo tão familiar e poderoso tomou conta do local, sua voz fria e intimidante como sempre, acabaram por revelar sem sombras de dúvidas de quem se tratava: Milo de Escorpião.



" Mi...Milo?"- O cavaleiro de ouro logo anunciou seu desapontamento com a postura do guardião da quinta casa e sem sequer pestanejar, tratou de sentenciá-lo com a terrível Agulha Escarlate.



" Milo, eu lamento... Lamento não poder lutar mais ao seu lado velho amigo, mas... se quer me parar, terá que usar mais força no próximo golpe!" - Alguns passos foram dados para frente, como se ele estivesse indo de encontro ao golpe do escorpião, aceitando assim ser este o findar de sua jornada como cavaleiro de Athena.



Foi ai então que uma cosmo energia nunca sentida outrora se expandiu  anunciando sua presença. Do telhado daquela casa, o homem de aparência exótica, com roupas usadas por pessoas de elegância e um certo ar cômico em sua fala saudava os cavaleiros. De seu modo, é verdade. Logo, lançou o cigarro que outrora trazia em seus lábios contra o golpe de milo e espantosamente, anulou-o com uma pequena quantia de sua cosmo energia.

Um breve silêncio tomou conta do lugar e rapidamente toda a atenção estava voltada para o homem de cartola e jeito despojado.



- Quem é você e o que faz aqui? - Bradou com semblante sério. Aquele cosmo nitidamente continha sua essência sombria, seja lá quem for, estava claro que não se tratava de um cavaleiro de Athena.



Do céu, caiam as primeiras gotas de uma leve garoa que trazia ainda mais mistério para aquela cena: - Sinto muito Milo, mas acho que não há nada para vocês aqui! Porque não leva Yuzuhiira de volta ao santuário? É seu trabalho proteger a nova geração de cavaleiros, velho amigo.




 
avatar
Aiolia de Leão

Mensagens : 14
Data de inscrição : 17/03/2017

Ficha do personagem
Nome: Hyuga
Nick Principal: Aiolia de Leão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carry on my wayward son, there'll be peace when you are done...

Mensagem por Yuzuhiira de Grou em Qua Mar 22 2017, 16:37



    Yuzuhiira de Grou    


E

ra notório a que a amazona tentava passar um ar de superioridade ao qual não tinha, as palavras do cavaleiro , rescem apresentado como um dos 12 santos dourados, fizeram seu coração doer de uma forma que ela sequer havia conhecimento, a dor da perda era sempre a pior de todas elas. Yuzuhiira dera alguns passos na direção do cavaleiro e sua mão momentaneamente se fechara, mas a presença de outro cosmo enormemente esmagador fez a mesma recuar -"Outro santo dourado?" - pensou enquanto este se apresentava como protetor da casa de escorpião. A ferocidade em seus olhos era tamanha que parecia um gigantesco escorpião observando sua presa, Yuzuhiira congelou naquele instante. Seus olhos silenciosos fintavam todo o desenrolar daquele encontro inusitado entre ambos os cavaleiros de forma a deixar até mesmo a amazona assustada, um pequeno feixe  vermelho passou , mas antes de acertar seu alvo final, desapareceu por completo. Um novo cosmo de procedência negra surgia agora, suaves pingos de chuva começavam a cair dando um tom mais melancólico a aquele estranho encontro do destino. Mais uma vez, antes de sequer se mover, o santo de leão começara a fazer as perguntas, e irritando-se com sua fala, acabara por fazer com que seu cachecol começasse a se mover , como uma corrente e ir de encontro ao braço do cavaleiro de leão -Eu não moverei um músculo sequer para voltar para o santuário!-  esbravejou a menina fintando com a face mascarada os olhos azulados do cavaleiro de leão -Você pode ter todos os seus motivos para querer abandonar seu dever, mas se a armadura continua leal a você, é porque você continua leal a Athena.- logo ela começara a fintar o cavaleiro de escorpião agora -Se este homem é realmente seu amigo, porque atacar ele desta forma. Se quer sequer reacender a chama de luta que eles medroso leão tivera outrora- sem perceber o cachecol começava a se soltar do leonino -Ajudem a achar a nova portadora de Athena- a amazona olhava para o céu como se rezasse para alguém -Este é o dever milenar que vocês deveriam exercer, e não lutar entre si.- agora virava-se para o estranho e aproximava-se do mesmo -Se você o que faz aqui ?-


Extra.

?
avatar
Yuzuhiira de Grou

Mensagens : 8
Data de inscrição : 20/03/2017

Ficha do personagem
Nome: Pandy
Nick Principal: Yuzuhiira de Grou

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carry on my wayward son, there'll be peace when you are done...

Mensagem por Milo de Escorpião em Qua Mar 22 2017, 18:02




Milo de Escorpião


Seu golpe foi totalmente dissipado por uma quarta presença misteriosa que se revelara. Milo não havia utilizado todo seu poder nesse golpe, mas para-lo tão facilmente assim? São feitos propriamente ditos de cavaleiros do nível de Saga.

Aiolia, seu amigo,  questionava sua presença no local, mas Milo "complacente" o observava e respondia.





Eu não sou o responsável por essa jovem - Engoliu a seco - Não se engane Aiolia, esse é o "nosso" trabalho - Falou com enfâse. A presença misteriosa lhe causava incómodos na garganta.  

A jovem guerreira questionava a atitude ofensiva de Milo, mas se soubesse que as vezes é necessario uns tapas para salvar um amigo, ela entenderia.




"Esse cosmo estranho. Por qual motivo ele está aqui?" - Analisava a situação. Olhou para Aiolia novamente já que era sua missão encontra-lo junto a Mú que ainda possuía o seu paradeiro desconhecido.




Agora você! - Virou-se para a presença que havia aparado seu golpe - Se não quiser perecer aqui, revele-se! - Dizia interrompendo a atitude da jovem e logo observava alguma reacção.  



 
avatar
Milo de Escorpião

Mensagens : 8
Data de inscrição : 19/03/2017
Idade : 20

Ficha do personagem
Nome: Argeu
Nick Principal: Milo de Escorpião

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carry on my wayward son, there'll be peace when you are done...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum